quinta-feira, 5 de março de 2020

Fechamento FEV/2020: R$ 344.878,38 (-1,11%)

Como esperado, tive uma rentabilidade negativa de -1,11%  por causa do corona! Acho que poucos escaparam dessa queda nos mercados.

Meu primeiro aporte no exterior foi em um ETF de consumo ou Consumer Staple. Aportei nele, pois em uma possível crise, a população não deixa de consumir. Comparado com o S&P 500 ele caiu menos na crise de 2008, em contrapartida subiu menos também. Mas com o corona vírus tudo caiu, inclusive o ETF que escolhi.

Venho estudando as teorias que preço não importa nas Bolsas de Valores, mas temos que tomar muito cuidado em algumas situações. O preço pode não importar, somente para uma minoria, se a maioria dos investidores se importar com o preço, já que o mercado é composto por ações humanas. Não sei se ficou claro! A precificação dos ativos se dá pelo "cabo de guerra" entre o vendedor querendo um preço mais alto, e o comprador o mais baixo, baseado nas estratégias e informações que cada um dispõe do mercado em um dado momento.

Tomando como base esse meu raciocínio, não brigo tanto com o preço na entrada de um ETF, mas ainda luto com a cotação da moeda no momento de fazer a remessa! Preciso trabalhar a minha mente que não dá para acertar o timing. E por falar em moeda, o dólar está nas alturas!


60% Renda Fixa
40% Renda Variável

Social/Relacionamentos

Vou entrar de férias em maio e fazer uma viagem de 7 dias para o Rio de Janeiro, já comprei a passagem aérea. Vou sozinho! Programar viagem é muito bom! Tudo faz parte da viagem. Quem planeja acaba estudando e conhecendo um pouco mais sobre o destino, chegando com conhecimento prévio dos pontos turísticos. Ainda não fechei onde vou me hospedar, mas provavelmente  ficarei em algum hostel, já que vou sozinho e a interação nos hostel é maior.

Até mais! Vamos que vamos! E tomara que encontrem uma vacina para o corona logo!






quinta-feira, 6 de fevereiro de 2020

Fechamento JAN/2020: R$ 344.242,77 (+2,81%)


Esse mês minha carteira destoou do IBOV, pois tenho uma ação que se valorizou muito neste mês. Sem contar que tenho uma boa parte em renda fixa, em um CDB com 7,3% + IPCA.

Minha conta na corretora do exterior foi aprovada, e já fiz uma remessa de dinheiro, porém ainda não aportei em nenhum ativo, pois fiquei com receio das consequências do corona vírus na economia global.

Estou planejando fazer aportes em ETF's, a princípio! Nos EUA tem ETF para tudo! Estou impressionado! ETFs de: economias de continentes, moedas, commodities, alavancado, tem até ETF que é inverso a um determinado índice, e etc. Espero que o Brasil passem a cria mais ETFs.

Tive uma ação que despencou 15% em um dia, porque uma gestora de recursos emitiu uma carta com um conteúdo que dava a entender que o balanço da empresa não era fiel. Essa variação demonstra uma certa fragilidade na nossa bolsa, e também me fez pensar até que ponto uma gestora poderia expor uma companhia desta maneira. 





60% Renda Fixa
40% Renda Variável

Social/Relacionamentos


No último post, tinha relatado que fui em uma festa onde gastei aproximadamente uns R$ 120,00. Se bem que não é muuuuito dinheiro! Mas para quem foi para uma festa com segundas intenções e não aconteceu nada, acabei de certa forma considerando um gasto alto para pouco benefício. Nessa festa eu fui sem contato nenhum de mulher, como sabia que tinha uns amigos por lá resolvi ir.

Acho que é aí que devemos adotar estratégias para não ficar indo em balada perdendo noite, gastando com ingressos, bebidas caras e ruins! Não estou aqui para dar dicas, mas tenho percebido que o risco de ir para uma festa e voltar só, está cada vez maior. Então a minha ideia é conhecer a mulherada fora de festas. Seja por aplicativos de relacionamento, redes sociais ou no dia a dia. No desenrolar da conversa dá para medir se a garota está interessada ou não. E caso esteja, é só chamar para sair, que a chance de sucesso é alta.

Durante a semana, depois dessa festa, conheci uma garota em um app de relacionamento. Trocamos algumas mensagens. A princípio, imaginei que a conversa ia parar depois de alguns dias, como acontece com a maioria das garotas que converso, pois quem mais puxava conversa era eu. Peguei o whatsapp dela, e depois de alguns dias conversando senti que ela manteve um interesse, apesar de sempre a conversa ser iniciada por mim. Não eram conversas looongas! O trivial! Mesmo assim resolvi apostar e chamar para sair! A responta foi: bora! Ela veio com umas ideias que sempre gosta de conhecer lugares, sair para comer em locais que nunca foi. Chegou até a propor um lugar aí, que eu achava que seria caro. Daí sugerir um outro local que eu sabia que os preços são em conta. Ela aceitou! Eu não queria correr o risco de gastar muito e não rolar nada!

Chegando no encontro trocamos várias ideias, na verdade fiquei foi surpreso, porque a mulher falava pelas paredes, diferentemente do aplicativo. Quando foi aproximadamente meia noite resolvi pedir a conta, R$ 71,00, tranquilo. Até então não tinha rolado nenhum beijo. Fui deixar ela em casa! Na porta de casa, pensei: pelo menos uns amassos quentes tenho que dar aqui no carro. Parti para cima! Comecei dando uns beijinhos, e fui esquentando, passando a mão na perna e subindo, e ela deixando. Até que ela diz que não gosta de ficar no carro assim no meio da rua, e me chamou para subir para o AP dela. Aí já sabe né! Acabei gastando bem menos, comparado a semana passada, na festa! 

 Agora isso não acontece sempre. Já tomei vários tocos!  Teve uma vez que tive 4 encontros com uma outra garota, e a cada encontro gastava R$ 100,00, mas só ficávamos nos beijos. Cheguei até a avançar, mas ela não deixou. Aí pulei fora!

Voltando ao caso da garota que deu certo, tentei manter o contato, mas não consegui, as respostas dela são sempre monossilábicas. Acabei deixando de lado.

Até o fechamento desse texto, tive outro encontro com uma garota que conheci no mesmo aplicativo! E que dessa vez não deu certo! Inclusive foi estranho! Depois de alguns dias de diálogos, a convidei  para sair  para comer algo. Ela topou! Chegando no local conversamos um pouco, fizemos o pedido e um pouco depois de chegar o pedido ela começa a dizer que não está se sentindo bem, que a pressão dela estava baixa. Eu achei estranho pois o comportamento de uma pessoa com pressão baixa não era aquele. Então pedi a conta, R$ 45,00, e levei ela em casa.
No meio do caminho ela veio me pedindo desculpas. Depois de deixar em casa, ela me mandou várias mensagens me pedindo desculpas, e que estava interessada nas minhas histórias, mas não estava se sentindo bem, e que esperava que tivéssemos outra oportunidade.
Bem, na minha mente passa várias coisas: a mãe mandou alguma mensagem para ela reportando algum problema, ela tem namorado e alguém conhecido estava ali no estabelecimento, ou então ela não gostou da minha aparência. Esta última é pouco provável, porque sequer chegamos a comer o que pedimos, pois saímos praticamente as pressas.

Caramba! Esse post falei muito de relacionamentos. Vou me policiar mais!
Até!
  



sexta-feira, 3 de janeiro de 2020

Fechamento DEZ/2019: R$ 329.848,20 (+3,36%)

Economia de vento em popa! Dados mostram que a economia no terceiro trimestre superou as expectativas, e como resultado, bolsa subiu!


61% Renda Fixa
39% Renda Variável

Venho seguindo meu plano de ir aportando mensalmente na renda variável. Vou incrementar investimentos no exterior.

Resolvi abrir uma conta em uma corretora dos EUA para investir em alguns ETFs. A gama de opções lá é enorme. Tem ETF para tudo! Estou esperando a aprovação da minha conta.

A princípio, penso em investir em um ETF que replique o S&P 500. Interessante dizer que no Brasil o ETF IVVB11 replica o S&P 500. Mas as taxas cobradas aqui são bem maiores, pois o ETF do Brasil compra as cotas do ETF de lá. Para se ter uma ideia, o IVVB11, salvo engano, cobra taxa de 0,29% a.a, enquanto um dos ETFs lá cobra 0,04% a.a. Então por que não ir direto a fonte?

Outro motivo que me faz investir no exterior é que os ativos de lá já estão precificados levando em consideração a tributação dos dividendos. No Brasil, até então, os dividendos não são tributados, porém há uma grande probabilidade de passar a ser, e caso isso ocorra, poderá haver uma correção dos ativos para baixo na bolsa Brasileira. Então vou estar aportando em algo que já está precificado quanto a essa variável.

Existem vários blogs que explicam como abrir contas em corretoras do exterior, como enviar dinheiro e como declarar. Isso facilitou bastante minhas pesquisas!

Social/Relacionamentos

Falar um pouco do meu social.
Eu sou um cara que não gosta muito de sair, e estar entre muitas pessoas. Parece que essa é um característica de muitos aportadores da finansfera.

Pois bem, um amigo meu me chamou para ir em uma festa em uma cidade a 30 km. Resolvi ir, pois nunca mais tinha saído, e como estou solteiro, poderia conhecer uma mulher lá. Ledo engano! Mais eu já sabia como funcionava as coisas, e já fui preparado para a realidade.


O estilo musical não era dos meus preferidos, mas dava para dançar a dois. E eu gosto muito de dança a dois. Vejo muita mulher bonita, mas nenhuma cruza os olhares com os meus. Vários caras tomando toco no simples ato de chamar para dançar, inclusive eu e meu amigo. Tinha um grupo de quatro garotas, bonitas, onde resolvo chamar uma para dançar, pois tinha avistado dançando sozinha. Advinha a responta: Não! Daí eu solto uma piada: "Relaxe! Eu não vou deixar você dar em cima de mim". A amiga dela fala: Vaaaai amiga! Vaaai!. Parece que a amiga tinha aprovado, mas ela não! Acabei dançando com a amiga. Neste caso, percebi que tem mulher que só dança com alguém que ela esteja realmente interessada, ou dança sozinha a festa inteira.

Nesta mesma festa, uma mulher não agraciada pela natureza, vamos que assim dizer, encosta na gente e começa a puxar conversa. Tratamos ela da mesma maneira que gostaríamos de sermos tratados. E caso ela desse em cima de mim, simplesmente diria que ela é simpática, porém não faz meu estilo! Temos que saber tratar as pessoas.

O resumo da festa foi que eu não peguei ninguém, gastei ao todo uns R$120,00, perdi uma noite, e  fiquei com ressaca no outro dia o dia inteiro! Mas eu já sabia da alta probabilidade disso ocorrer. Então, beleza!

No próximo post vou contar de uma experiência uma semana após essa festa em um app de relacionamento que deu certo, e que gastei bem menos que isso!

Até mais pessoal! Bons investimentos!



sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

Fechamento NOV/2019: R$ 312.123,47 (+2,22%)


Mais um mês no positivo! Segue o plano!

O dólar batendo nas alturas! Ainda bem que tenho empresas na minha carteira que tem  parte das receitas em dólar. Essa é uma forma de investir em moeda forte de maneira indireta e barata. Nas oscilações, as receitas externas acompanharão a cotação. Desse ponto de vista, posso até chamar de empresas antifrágeis, pois ganhará dos dois lados. Um investimento antifrágil , de maneira simplista,  se aproveitará das mais adversas situações para se fortalecer. Tem até um livro de Nassim Taleb que trata dessa narrativa chamado "Antifrágil: Coisas que se beneficiam com o caos".


Composição dos meu Ativos:

64% Renda Fixa
36%  Renda Variável

Pensei bastante e vi o quão arriscado é fazer parceria com parentes e amigos. Quantas histórias de pessoas que emprestaram dinheiro a parentes/amigos e que nunca receberam de volta? Imagine abrir negócio! Entre amigos/parentes se tem muita intimidade, e a cobrança entre eles é um assunto delicado, pois repercute em um só círculo social. O certo mesmo é fazer amizade através de negócios, e não fazer negócios com amigos.

Então minha empresa, por enquanto, vai ser minha carteira de investimentos! Possa ser que eu mude de ideia!

Hobby

Descobri um hobby para mim! Pedalar! Andar de bicicleta!Mountain bike! Todo final de semana eu faço uma trilha. Quando não tem trilha para fazer, eu dou uma volta em uma avenida da cidade.
A bicicleta socializa muito as pessoas. Normalmente faço trilha com 4 pessoas, e no meio do caminho tem muita resenha, cervejinha, de leve, para aguentar voltar para casa. Sem contar o visual das trilhas. Em algumas dá até para tomar banho de rio. Eu particularmente curto muito a natureza. 

A parte chata da bike é o investimento. Uma bike boa para começar a fazer trilha, em média sai de 2.500,00 a 3.000,00. Sem contar os equipamentos que temos que comprar, como: luva, capacete, roupas para ciclista, óculos. E assim vai!
Optei por pegar uma bike intermediária, pois sei que quanto mais cara, mais dispendioso seria a manutenção. Como eu não vou competir, tá valendo a pena o custo benefício.


Até o próximo post galera! Bons Investimentos!




segunda-feira, 4 de novembro de 2019

Fechamento OUT/2019: R$ 300.215,24 (+1,78%)

No início do mês de setembro teve uma baixa na bolsa que eu pensei que o mês seria no vermelho, mas felizmente a bolsa se recuperou e eu logrei 1,78% de rentabilidade. Ufhaaaa!
Não sei se já disse isso, mas sempre que a bolsa está subindo, faço questão de olhar meu home broker, entretanto quando está em queda, passo longe! Acho que olho nas altas para reafirmar que as minhas escolhas foram acertadas e que este é o caminho.


Composição dos meu Ativos:
66% Renda Fixa
34% Renda Variável

Alcancei 300 mil! Uma marca boa! Acho que devemos comemorar ou ao menos vibrar internamente algumas marcas na nossa caminhada rumo a IF. Lembro quando eu estabeleci a marca de 60 mil e alcancei. Isso me gerou uma grande satisfação, porque nunca tinha juntado esse valor! Depois veio os 100 mil, coisa que nem imaginava, e quem diria então os 300 mil.

Estou analisando com quanto eu poderia me considerar Independente Financeiro. Tem uma regra aí de saque de no máximo 4% ao ano do seu patrimônio. Têm estudos que dizem que esse valor não corroeria o valor principal. Com isso já dá para ter um norte. Por exemplo, se você quer uma renda de R$ 10.000,00 ao mês,  o cálculo seria 10.000 x12= 120.000 =>120.000/0,04=3.000.000. Então eu precisaria de 3 milhões. A questão é estipular um valor sensato, pois não adianta superestimar, pois terá que aportar mais anos para alcançar uma meta que talvez seja além do necessário. Lembrem-se, não iremos viver para sempre, temos um "prazo", vamos aproveitá-lo da melhor forma possível.

Acho interessante fazer esses cálculos, porque chegando o momento a gente pode dar uma relaxada nos aportes, ou nem aportar mais. Para alguns, deixar até de trabalhar.

Fiz uma pequena viagem de fim de semana para aproveitar o feriado do dia do servidor. Sim, sou servidor. Nessa viagem eu levei minha mãe, a madrinha e meu sobrinho. Uma viagem para me presentear e presentear a minha família. Arquei com todas as despesas! Em algumas situações eu ficava imaginando um pai de família o quanto ele teria que se desdobrar para proporcionar um momento daquele. Não luxamos, mas mesmo assim os gastos foram consideráveis, pois na praia tudo é muito caro, a começar pela estadia. Optei por ficar em um Flat que tinha utensílios de cozinha, para o café da manhã e da noite ser preparado por nós mesmos. Se ficássemos em pousada, o café da manhã seria garantido, entretanto a noite teríamos que procurar algo para comer na rua, o que poderia sair mais custoso. Outro ponto positivo para o Flat é que minha mãe e minha madrinha são diabéticas, e prepararíamos uma alimentação apropriada. Assim gastei:

420,00 Flat (duas pernoites para 4 pessoas)
210,00 Combustível
215,00 Almoços
200,00 Passeio
100,00 Outros

Total 1.145,00

Esse gasto foi para um final de semana para 4 pessoas! Eu achei alto!

Dá próxima vez eu vou levar o sombreiro, uma caixa térmica e cadeiras de praia que tenho, pois já economizo com a barraca. Só o almoço que prefiro ir para um restaurante, ou então fazer no flat.

Até mais!






sábado, 5 de outubro de 2019

Fechamento SET/2019: R$ 289.961,11 (+1,33%)


Este foi um mês positivo! Minha rentabilidade só não foi maior porque minha exposição a bolsa está baixa. A renda fixa me segura tanto nas quedas como nas altas da bolsa. Más só em bater o CDI tá bom demais!


Percebo que a rentabilidade da carteira se aproxima dos valores fixos aportados. Isso é sinal que o patrimônio vem crescendo e, por exemplo, 1% de rentabilidade na carteira já é um valor considerável. Por outro lado, sinto que tenho que buscar outras fontes de renda, pois daqui a algum tempo, assim espero, meus aportes representarão um valor pequeno frente a carteira.

Estou procurando algum negócio onde eu possa entrar apenas com o dinheiro, e o lucro da atividade possa ser repartido. Até agora pensei nas seguintes possibilidades:

Dei uma pesquisada em outros blogs e assisti alguns vídeos sobre investimento em Boi para engorda.  Assim, tenho que encontrar alguém que tenha terra, que já crie gado e que seja de confiança. Eu entraria com o dinheiro para compra dos bezerros, e venderia com 24 meses. O lucro seria repartido 40/60 ou até 30/70, sendo que a porcentagem menor seria para mim, pois o dono da terra entraria não só com a terra e com outras despesas inclusive com a negociação de venda, uma vez que ele é quem tem contatos.

Outra atividade possível seria compra de carro de leilão. Tenho um irmão que trabalha com isso! Eu injetaria uma grana para comprar um carro. Repartiria 50% do lucro com  meu irmão.

Esse modelo de negocio se aproxima muito do empréstimo, porém aqui eu estarei assumindo o risco da atividade também, e rentabilidade vai ser um pouco maior.

Mas antes de tudo, tenho que juntar esse dinheiro, fazendo uma aplicação específica para isso, pois não quero girar patrimônio. A cada mês pretendo direcionar um dinheiro para esses projetos.

Por enquanto é isso! Bons investimentos!


terça-feira, 3 de setembro de 2019

Fechamento AGO/2019: R$ 281.173,41 (+0,25%)



Esse meu primeiro fechamento publicado não vão ter muitas coisas não! Espero ganhar experiências a medida que eu vier publicando os outros meses. O importante é começar!

Esse mês, acredito que foi um pouco complicado para quem estava exposto na renda variável, mas vamos pensar assim: o mercado só está tomando de volta aquilo que entregou a mais no mês anterior ( em julho/2019, a maioria das carteiras ficaram no positivo para quem fez a lição de casa).

Porém tiveram alguns ativos com valorizações absurdas, por exemplo a SQIA3. Esses ativos vem com um grau de risco maior. Não me sinto confortável em investir neles um valor considerável do meu patrimônio (gestão de risco). Mas mesmo assim me pego fazendo cálculos do tipo: e se eu tivesse colocado tanto nesse ativo? Na verdade é fácil olhar para trás! Temos que desenvolver o seguinte raciocínio: quanto estou disposto a perder caso o plano venha a dar errado? As vezes um aporte pesado em um ativo de valor pode ser melhor, e mais seguro, do que um pequeno aporte em um ativo de risco, pois a valorização de 5% de R$ 30.000,00 é R$ 1.500,00,  enquanto um aporte de R$ 1.500,00 para ter o mesmo ganho, precisaria de uma valorização de 100%.

O meu perfil é moderado, então, primeiramente vou construir uma carteira com ativos de valor. Talvez, após isso, pensarei nesses ativos de grau de risco maior.


Segue a planilha do ADP












Estou com 70% em renda fixa e 30% em variável, mas ultimamente só tenho aportado na renda variável para deixar 50% em cada. Por isso minha queda nesse mês não foi tão grande!

Mudando um pouco de assunto!
Fiz uma viajem internacional e percebi como o valor da pessoa aumenta no mercado sexual. As mulheres devem pensar: "hummm ele deve ter dinheiro". (Estou investindo para ter!kkkk) Coloquei umas fotos minhas no tinder, e obtive mais matchs que antes. E de mulheres gatas! Coisa que não acontecia! Antes tinha um match ou outro de mulheres gatas, mas era raro. Agora convenhamos, dar match é uma coisa, e se concretizar é outra. A maioria não respondem as mensagens, ou o papo acaba no app mesmo. Outra coisa que aconteceu é que recebi algumas mensagens de umas conhecidas que tinham parado de falar comigo.

Ouvi um podcast do canal Sociedade Primitiva (tá tanto no youtube quanto nas plataformas de podcast), onde têm uns três episódios que descreve, teorizando, cirurgicamente, como funciona o mercado sexual, o que faz uma pessoa ganhar ou perder "pontos" nesse mercado. Por exemplo: a mulher gordinha toda distribuída tem mais valor que uma mulher magra com uma barriguinha; a idade para mulher, quanto mais nova, melhor, já para o homem é o inverso; quanto menor o grau de instrução melhor para a mulher (não precisa ser analfabeta). Existem vário fatores, mas sempre devemos excluir o extremismo.
Valeu muito a pena ter ouvido!

Por enquanto é isso!
Até mais! E bons investimentos!