domingo, 1 de maio de 2022

Fechamento ABR/2022: R$ 445.026,04 (-6,51%)

 Como era de esperar, meu patrimônio sofreu uma queda. Na verdade esperava a queda apenas por um motivo: o resgate de um CDB que venceu em abril. O CDB tem IR, e eu contabilizo pelo valor bruto. Logo, no vencimento tem o desconto do IR. Mas esse mês tivemos também o rally na bolsa. Tive ações que até bombaram, mas no final do mês houve uma queda.



Vou pegar R$ 50.000,00 do CDB que recebi para interar a compra do carro, e o restante vou reaplicar em outro CDB. Fiquei na dúvida se colocaria em TD para tentar fazer marcação a mercado (os títulos do tesouro variam seus preços no decorrer do tempo até o vencimento, e dá para fazer um swing trade), mas o chato é pagar aquela taxa da B3 semestralmente.

Vi que os títulos privados pagam mais que o Tesouro Direto em virtude do risco. Tem a questão do risco do banco emissor não honrar com o compromisso em virtude de falência. Mas aí tem o FGC. Então essa preocupação é para quem vai investir um valor que somado com a rentabilidade no dia do vencimento supere R$ 250.000,00 por entidade, ou seja, por banco. Tem outra limitação do FGC que a garantia cobre até 1 milhão por CPF. Nesse último caso, a garantia entraria em uma situação de quebradeira justamente dos bancos que você adquiriu os CDBs, no limite citado anteriormente por CPF. Ou seja, se no conjunto de bancos que investiu, todos falirem e a soma dos investimentos e rentabilidades for de mais de 1 milhão, o investidor recebera do FGC apenas 1 milhão.

A questão da marcação a mercado é que ganharia com os títulos pré-fixados e os IPCA + caso os juros voltassem a cair. Como não sou muito fã de títulos pré, ficaria com os IPCA +. 


Escolha do carro

Já sei qual carro quero, e não vou fazer suspense nenhum, pois não tenho receio que me descubram, pois não estou fazendo nada de errado por aqui. Aliás, se tem algum conhecido meu por aqui, parabéns para ele, porque é sinal que curte essa onda de independência financeira.

O carro em questão seria o Cruze Sport LTZ de 2017 em diante! Está na faixa de R$ 90.000,00. Tenho 36k que venho juntando, motivo que não estava aportando, mais os 50k que retirarei do CDB que recebi agora em abril. Soma 86k. O que faltar vou fazer um pequeno empréstimo para pagar todo no final de maio, porque vou receber um dinheiro das vendas de milhas que fiz. Tudo isso, claro, se encontrar o carro do jeito que quero e fechar negócio. Caso não feche negócio, vou juntando até achar.

Cheguei a fazer um test drive. Que delícia de carro! Motor 1.4 turbo com 153cv, interior claro e muitas outra coisas. Eu que venho de um carro popular 1.0 no GNV, pularei e muito de categoria. Ele é assim:



No dia que fui fazer o test drive já fui preparado para fechar negócio, pois já tinha pesquisado a média de preço e realmente estava com preço bacana, mas que eu poderia pedir mais um desconto. Cheguei na concessionária de seminovos, fui apresentado a um vendedor e uma garota que parecia ser assistente, ou era uma vendedora novo. Ela que me levou no pátio para ver o carro. Olhei todos os detalhes do carro. Onde tinha arranhões e amassados. Tinha pouca coisa. Mas segundo ela, a empresa entregaria o carro sem esses detalhes, ou seja, iriam pintar. Carro bem conservado!

Pedi para dar uma volta, prontamente ela falou com o vendedor e ele me acompanhou. Durante o test drive e após vários papos, falei que tinha gostado do carro e que só fecharia se me dessem um desconto. O vendedor disse que o preço era aquele mesmo, os 90k, mas que talvez poderia ver um desconto.

Até aí tudo bem! Queria só ver o desconto que iriam propor. Chegando do test drive fiquei um tempão aguardando na mesa e ele mexendo no sistema. Parece que deu algum problema no cadastro do carro. Chamou a gerente comercial, e ela demorou um pouco de nos atender, pois realmente a sala estava cheia, muita gente comprando carro. Quando ela chegou, eu falei que meu tempo já tinha estourado, pois tinha compromisso, e realmente tinha que sair. Ela comenta que o preço do carro era aquele mesmo e que não tinha como me dar desconto. Deixei meu número com eles, mas não sei se vão ligar para me fazer outra proposta. Ou seja, ao meu ver, só não fechamos negócio ali, porque não houve uma negociação do preço. E que as coisas estavam concentrada nessa gerente. Não sei se foi eu que dei mole ao demonstrar interesse no carro, e aí não quiseram dar desconto nenhum, ou se foi por causa do dia corrido mesmo na concessionária.

Mais adiante vou entrar em contato com a concessionária, e também vou procurando outras oportunidades na olx. O problema na olx são os golpes. A concessionária ia me dar o carro revisado e com garantia de 1 ano.


Social

Inacreditavelmente a crente está dando em cima de mim. Volta e meia ela manda mensagem com conversas aleatórias, e na última falou para eu pedir um "vale" para minha namorada deixar a gente pedalar juntos. Essa e uma das traduções do instinto do ser humano querer aquilo que não pode ter mais, e da competição também. Não tenho interesse mais na crente! Mas não quero ser grosso. Acabo desconversando.

Quanto a minha namorada, a Índia, nada de novo. Só encontros prazerosos!


Saúde

Venho treinando em um ritmo bom, pegando pesado! Parece que está fazendo efeito, pois o pessoal que conheço já comenta que estou grande, quando me ver. O que não consigo é tirar a barriga. Na verdade nem tento, pois a restrição alimentar é tão grande. Ainda não cheguei nessa disciplina. Estou daquele físico grande e inchado mesmo. Por exemplo, não fico legal nas fotos sem camisa. Minha barriga não é grande, tem uma camada de gordura, tipo um tecido grosso, que não sai nem a pau. kkk


Até mais galera!


sexta-feira, 8 de abril de 2022

Fechamento MAR/2022: R$ 476.017,97 (5,26%)

    Que delícia de fechamento! Quem diria! Na verdade a gente sempre espera uma recuperação dos ativos quanto antes, mas foi algo tão repentino. A conjuntura está sendo favorável ao Brasil. Como um dos grandes exportadores de comodities, está colhendo os frutos da valorização delas. Também tem a questão dos juros Brasil que está alto, atraindo investidores. Parece que somos o segundo pais com maior juros reais. Apesar dos problemas do nosso pais, vale a pensa correr esse risco face ao prêmio pago.


Sem aportes no mês! Gastei uma grana boa para regularizar o meu carro velho para passar na inspeção do GNV. Precisei trocar o catalisador depois de descobrir que "furtaram" um componente dele quando fui fazer o motor há alguns meses atrás. E também já tinha descoberto, em manutenções anteriores que algum mecânico tinha trocado meus bicos injetores. Ou seja, se for fazer pequenos serviços no carro, tente ficar até terminar. Agora se for um serviço grande, só resta confiar mesmo. Alias, por mais que a oficina seja de alguém de confiança, o problema são os funcionários. Agora, pelo menos, o carro está em condições de ser vendido!

Por falar em carro, fiz uma trilha no início do mês de abril e chamei algumas pessoas, dentre elas, um colega de trabalho. Esse colega chegou com um(a) Toro Volcano diesel 4x4, linda! Logo minha mente me questionou, se ele pode por que você não pode? O cargo dele é o mesmo que o meu. Ele deve estar ganhando um pouco mais por questão de cargo comissionado ou algo do tipo. Mas mesmo assim, a minha mente me questionou. Fui pesquisar não só o preço do carro, como também a manutenção! São aproximadamente R$9.000,00 por ano com seguro, ipva e manutenção preventiva.  Logo convenci minha mente que não é para mim, por enquanto.

Qual carro podemos ter de acordo com os ganhos mensais? Ou melhor, qual carro podemos ter de acordo com as "sobras" mensais? Melhor assim, pois o indivíduo pode ganhar R$ 10.000,00 e no fim do mês sobrar R$ 1.000,00 depois de quitado todos os compromissos. Mas entendo que já tirei dos ganhos mensais tudo de contas recorrentes até a valores  de gastos com lazer. Para mim, isso traduziria uma sobra. 


Fui conservador quanto as manutenções e coloquei um valor acima. Vejam o custo mensal de acordo com o valor do carro. Considerando que já tenha o valor para comprar o carro a vista, e não vai financiar, até quanto por cento da sobra mensal é prudente comprometer o orçamento com o veículo? 


Pelo visto, quem tem sobra de R$ 1.000,00 teria que comprar um carro de menos que 50k, mas o problema que carros mais baratos são mais velhos e requerem mais manutenção. Para o meu perfil, um gasto de até 20% das sobrar seria mais prudente. Temos que lembrar que ainda vem as despesas com combustível, que está nas alturas.

Como pode-se observar, é uma resposta bastante individual, mas o que importa é que tem que se trabalhar com a sobra dos ganhos, para que os gastos com o carro não comprometa as outras despesas, inclusive com lazer.

Social

Relacionamento com a Índia tá massa! Ela colocou o DIU (dispositivo intrauterino) que libera um hormônio, então ele não vai servir apenas com contraceptivo. Mas mesmo assim continuamos usando preservativo. Vai que o DIU esteja fora do lugar. Sei lá! Inclusive, minha irmã engravidou mesmo usando o DIU, pois ele saiu do lugar. 

Tenho gravado as trilhas e postado no YouTube. Oh negócio que dá trabalho! Cheguei a assistir uns vídeos das formas que se monetiza. Interessante! Nem imaginava! Por exemplo: uma empresa pode me fornecer um produto para eu fazer um review; posso mandar vários e-mails para pousadas e fazer anúncio delas durante as viagens; sugerir cupons de indicação. Não precisa ganhar apenas com os view dos vídeos. Mas, claro, você precisa ter mais visibilidade, até para fazer as propostas para os fornecedores, e eles perceberem que existe uma boa relação de ganho nelas.

Como estou editando os vídeos, acabei comprando um monitor de 29' ultra widescreen para facilitar a edição. Vou montar um setup bacaninha que me dê conforto. Vai melhorar tanto na produtividade quanto no entretenimento. Depois vou comprar um mouse sem fio, teclado com fio, suporte para notebook ficar fechado, e um suporte articulado para o monitor. Quero deixar algo assim:

 

Só que com os fios escondidos.

Bom
É isso,
Até mais!










terça-feira, 8 de março de 2022

Fechamento FEV/2022: R$ 452.228,08(0,30%)

Graças a Deus fechei no azul! Pensei que ia vir no vermelho diante das turbulências. Não tenho acompanhado o mercado ultimamente. Estou meio que no automático. Só paro para olhar os trimestres das minhas empresas, que são poucas. 

O dólar baixando talvez seja uma janela de entrada para mandar mais dinheiro para fora. Não sabemos até quando esses preços vão ficar caindo. Grosseiramente falando, o real se valorizou face a taxa de juros daqui ter dado um salto, e acabou atraindo capital estrangeiro. E pela lei da oferta e procura, o que é mais procurado acaba se valorizando. Mas sabemos que se o FED (banco central dos EUA) aumentar as taxas de lá, a procura pelo dólar vai ser grande, e consequentemente vai se valorizar face o real. Pois lá a economia é mais sólida, e muitos preferem ter dinheiro em países em que o risco de default (dar o velho calote) seja mínimo. 

Outra coisa que venho investindo é em ativos relacionados com urânio. Essa guerra só reforça a necessidade dos países terem mais uma fonte de energia. Diversificar sua matriz energética deve ser tarefa básica de cada país. Principalmente para aqueles que são muito dependentes de um único pais fornecedor de uma fonte de energia. As ações de empresas de urânio vem oscilando bastante, talvez pelo fato da porcentagem de usinas serem pequenas no mundo. Mas já existem diversos projetos de expansão em alguns países nessa fonte de energia. 

Continuo sem aportar para engordar a caixa da aquisição de um novo carro! Enquanto espero um CDB vencer para comprar o carro a vista, vou juntando para não sacar muito dinheiro dos investimentos. E ainda fico na esperança de que com a alta dos juros, os preços dos carros diminuam.

Social

Estava no mercado, quando chegou o que parecia um colega de escola do dono do mercado. Eles conversavam relembrando dos tempos de antigamente e um dizendo para o outro o quanto feliz estavam de se verem. Nessa conversa o outro senhor tocou no assunto de finanças dizendo o valor patrimonial que ele tinha (aproximadamente 2 milhões), e dizendo que agora aos 90 anos estava tranquilo e só viajando. Primeiro que achei curioso alguém revelar para o outro seu patrimônio, e segundo em uma conversa informal, onde outras pessoas estranhas estavam perto escutando.

Mas a minha reflexão é a seguinte: será que ele teve várias experiências de vida nessa caminhada? Tenho para mim que temos que buscar o equilíbrio, e do jeito que foi exposto na conversa, parecia que agora que ele estaria curtindo a independência financeira.

Relacionamento

Fui para praia com a Índia! Passamos um dia inteiro lá. Foi bacana! Não levei nada. Chegando lá aluguei as cadeiras, sombreiro e pessoal deixou um isopor com algumas coisas com a gente. Até tenho esse kit, mas queria está livre de peso, pois nesse local, o carro fica um pouco distante.  Mas acho que na próxima, pelo menos vou levar a caixa térmica, porque na praia tudo é muito caro. Para se ter ideia, cerveja em lata estava de R$ 10,00.

Tiramos fotos juntos e resolvi postar no meu insta, pois até então só as pessoas mais próximas que sabiam do namoro.  Rpz, quando postei, a crente (uma ex ficante) veio puxar conversa, perguntando sobre o namoro e se dava para a gente ainda sair para tomar um café ou caminhar. Mas é uma perturbação! Não me abalei! A Índia acabou por prender minha atenção. E já não curtia mesmo a crente! Ela também postou uma foto nossa juntos no insta! Pronto agora todo mundo sabe!

A professora da academia

Continuo interagindo com ela de maneira mais próxima. Agora ela sabe que tenho namorada! Isso não mudou nossa maneira de se relacionar na academia. Continuo fazendo brincadeiras, soltando piadas para ela, e vice-versa. Tem um aluno senhor de idade lá que está botando mais ´lenha na fogueira` para a gente ficar. Ele fica soltado as indiretas para a gente, e a professora só rindo! Ela chegou a dizer que ele está querendo me estragar. Deve ter dito isso por causa que sabe que agora tenho namorada. Ele ficou de marcar um happy hour para a gente ir, e disse que só me receberia lá se eu fosse com a professora. kkkkkkk. 

Agora que ela sabe que tenho namorada, não sei se ficaria comigo, pelo menos em público, pois ela é muito certinha. Mas talvez o fato de me ver com outra, pode ter atiçado ela mais ainda (ela continua próxima de mim). Mulher tem muito disso. Quando ver um homem com outra mulher, principalmente se for bonita, vai chamar atenção dela para saber o que é que a outra viu. 

Até o próximo fechamento! Fui!


segunda-feira, 7 de fevereiro de 2022

Fechamento JAN/2022: R$ R$ 450.890,03(1,52%)

Iniciei o ano bem! No azul, com 1,52% no consolidado! Que sensação deliciosa ver o fechamento assim. Que a bolsa dê uma equilibrada e os próximos meses se repita fechando no azul. Meus ativos estão praticamente nas cotações da época do descobrimento do patógeno, então tem uma boa margem de ganho pela frente se as empresas fizerem a lição de casa.

Continuo sem aportar para juntar dinheiro para dar entrada no carro! Confesso que também tive outros gastos que priorizei e fez com que não aportasse. Foi para meu lazer! É bom viver a vida! Não precisamos fazer nada extravagante, apenas fugir da rotina e sentir que com dinheiro suficiente dá para se divertir muito!


Viagem

Viajei para os Lençóis Maranhenses! Em uma confraternização em família acabamos marcando entre alguns primos essa viagem de supetão, e fomos em um período não muito apropriado, pois estava em período de seca, então não vimos a beleza da região no seu auge. Os lençóis são áreas enormes de bancos de areias que em épocas de pós chuvas surgem inúmeras lagoas de águas transparentes.



Aproveitei que as passagens estavam com preços atrativos, e comprei com milhas. Quem não usa milhas para viagem ou para vender não sabe o que está perdendo. Normalmente os preços das passagens em milhas são mais em conta, e as vezes as companhias aéreas lançam promoções que  reduz o custo de aquisição dessas milhas. Mesmo que não vendamos, é bom ter para lá na frente o próprio dono usar.

É muito bom viajar em grupo, além da resenha ser boa, as despesas são repartidas entre todos. Ficamos em um hostel. Lá tinha uma sala onde socialização era bem melhor entre a gente e dava para trocar ideia com outras pessoas. Sem contar que o custo foi baixíssimo. A diária por pessoa saiu a R$50,00 com café da manhã. E o café da manhã estava muito bom, por sinal.

Nessa viagem conversei com um dos meus primos que está em processo de divórcio. Que situação triste que ele está passando! Detalhe é que a ex dele já veio com um filho de outro cara. Ou seja, ele criou vinculo afetivo com menino.  O fato é que nos últimos anos a ex dele não estava trabalhando e pelo que foi me contato, não contribuía muito com as tarefas doméstica. Ele precisou contratar uma diarista. Contou-me que todas as despesas era com ele. Se fossem viajar, despesas multiplicada por 3x. 

Enfim, o relacionamento terminou de maneira não amigável. Ela quer praticamente tudo. Mas se for por na mesa quem contribuiu com o que, a maior parte foi ele quem construiu. Meu primo gosta do filho dela, inclusive continua comprando as coisas para ele. De maneira espontânea, meu primo fez a proposta de pagar as despesas de casa durante um ano até que ela arrume um emprego. Mas como tem outras coisas a serem discutidas, parece que vai acabar na Justiça isso.

Minha leitura sobre isso é que no momento da separação sempre haverá a divisão de bens. A matemática ideal é (1+1)/2. Mas o que acontece é (1+0)/2. Claro que tem os casos em que o companheiro(a) fica em casa cuidado do lar e dos filhos, mas pelo que me contou, não era o caso.

Relacionamento

Trouxe a índia para conhecer minha família. E ela me levou para conhecer a dela. O negócio oficializou. Espero que não chova provocações de outras mulheres. Porque parece que quando o cara está com alguém, as tentações surgem. É uma provação isso! 

Por falar em tentação, acabei criando uma conexão muito grande com a professora da academia. Vários sinais que a mulher dá quando está interessada em alguém foram dados. Mas agora sou um cara comprometido. Não quero me queimar nem a índia com a professora. Quem sabe lá na frente! Mas as brincadeiras leves com a professora vou manter! Até porque ela é uma pessoa agradável.

Espero que todos tenham fechado no azul esse mês. Até mais!



quarta-feira, 5 de janeiro de 2022

Fechamento DEZ/2021: R$ R$ 444.148,72(-0,05%)

Meus ativos da renda variável do Brasil apanhou esse mês novamente. O que me salvou, para amenizar a queda, foram os ativos no exterior e a renda fixa. Que ano cheio de desafios! Ainda bem que o fechamento anual terminei no azul! Bem verdade que a inflação de 2021 foi de 10,74%. Ou seja, perdi dinheiro, apesar de fechar no azul. Mas mesmo assim, só tenho a agradecer!

Como a economia é feita de ciclos, espero estar bem posicionado na RV para surfar melhor quando a Bolsa voltar com tudo.

Novamente não aportei nada de dinheiro novo, pois continuo fazendo caixa para compra do carro. Não vou comprar a vista, mas quero dar uma boa entrada. Se fosse juntar o valor todo, ia ficar sem aportar por muito tempo. Coisa que não quero fazer.


Estava pensando o quanto é importante está alocado em moeda forte. Os níveis de inflação da moeda americana, dólar, são baixíssimos quando comparado com o real. Ou seja, a cada ano a diferença entre as moedas aumenta. O mercado se auto regula.  Umas das formas de se proteger de forma conservadora contra inflação Brasileira são os títulos de RF IPCA +. Porém quando a inflação atinge níveis descontrolado, nem isso é mais solução, pois o IR considera rendimento, também a correção do IPCA, logo, esse valor é tributado também.

Por exemplo: em um cenário de inflação de 50%, com títulos IPCA+7% de 10 anos. Normalmente o prêmio, juros pago pelo títulos, são mais altos em cenários de alta inflação. Mas digamos que pegamos esse título em um bom momento, mas que em 5 anos a coisa se descontrolou e a inflação do 6º anos foi de 50%. Um valor de R$ 100,00 ao final do ano, se resgatado, para fins didáticos digamos que foi resgatado, será pago: 157,00 - 15%x157= 157 - 23,55=  R$133,45. Caso esteja errado me corrijam, mas o rendimento dos juros foram de R$7 reais, porém pagamos R$ 23,55 de imposto de renda, considerando alíquota do IR de 15%, e como resultado o título  ficou abaixo do valor corrigido. O valor corrigido pela inflação seria R$ R$ 150,00, mas recebemos R$ 133,45. Ou seja, perderíamos dinheiro.

Mas quando estamos alocado em ativos de moeda forte, o próprio mercado se auto regula e valoriza as moedas face as economias que estão em desequilíbrios. Além de ganhar o rendimento do ativo do exterior, preserva-se o valor face o real, sem precisar ser tributado a parte preservada. Bem verdade que no memento de trazer o dinheiro, ocorrerão as devidas tributações, mas normalmente não trazemos todo de volta. Sem contar que podemos gastar também sem precisar fazer o câmbio, em viagens, ou até quem tem planos de morar lá fora.

Social

Trilha com a turma da academia

Fiz uma trilha com a turma da academia. Conheci uma figura nessa trilha. Ela me deu todos os sinais de escolha possíveis. Impressionante! A nossa conversa tinha engajamento! Do tipo: ela perguntar se eu malhava em tal lugar, pois nunca tinha me visto lá. Perguntar primeiro onde eu morava. Chequei até pensar que ia me dar bem! 

Tinha momentos que ficávamos sozinhos na trilha, talvez me faltou um pouco de ousadia nesses momentos. As vezes a mulher quer o cara ali, naquele momento. Fiquei naquela de ver uma oportunidade para pegar o whats para depois conversar e "atacar" outro dia. Pois, tirei umas fotos dela do meu celular e ela mesmo deu a ideia de me passar o número.

Chegamos a trocar algumas ideias no whats depois, peguei também o insta dela. Mas já dava para sentir que a conversa já não tinha o mesmo engajamento. O triste fim foi que não rolou nada e ainda tomei foi um vácuo no whats. O curioso é que ela sempre ver meus stories e curte minhas fotos. Mas o vácuo ela me deu!

A índia

Fizemos um passeio com mais um casal de amigos meus em duas cachoeiras aqui na região.  Ela curte natureza e eu também! Sem contar que aos poucos vou introduzindo ela no meu ciclo social também, de forma natural. Inclusive, nesse dia sai para pegar ela e retornei e parei na frente de minha casa, entrei para pegar o cooler, aproveitei e a chamei para entrar e me ajudar a colocar as cervejas dentro (Um detalhe é que não moro só. Eu cuido da minha mãe). Nisso, de forma leve, já apresentei ela a minha mãe e a minha irmã, como se desse a entender que fosse amizade, mas na verdade já tinha falado dela para minha mãe. 

Do meu lado vou fazendo as coisas de leve. Confesso que tenho interesse em assumir um namoro. Ai vou ter que abandonar completamente a vida bandida de solteiro. O ruim disso, é que estou em uma fase muito boa!

Como tinha dito, a mãe dela sabe de mim, e já sinalizou para eu aparecer na casa dela em um almoço. Só que o convite principal tem que vir da filha! Certamente a índia está esperando que eu apresente-a para minha família, e só assim ela fazer a parte dela. Ela comenta por exemplo que a mãe manda lembranças para mim, procura saber como estou. Acho que ela se preocupa mais com a opinião do pai. Temos 16 anos de diferença, e não sei se é isso que ela tem receio. Se bem que a diferença do pai dela para a mãe é quase isso também! 

Até o próximo fechamento! Que venha no azul!