sexta-feira, 31 de maio de 2024

Fechamento MAI/2024: R$ 699.094,49 (1,14%)

No meio do mês meus ativos deram uma boa subida, mas houve uma boa correção perto do fim do mês. Isso é até bom, pois não nos deixa com uma expectativa muito alta. É bom crescer, melhor ainda crescer de forma sustentável e no seu tempo. Tenho receio dos ativos que ficam esticados em curto espaço de tempo. Inclusive evito até investir neles, pois a correção acaba vindo. Então, estou preferindo de vagar, mas para frente!

Nesse mês, resultados positivos graças a RV do exterior  junto com a valorização do dólar. E a renda fixa teve sua contribuição também.



Volta e meia comparo a bolsa Brasileira com o ETF que estou investindo lá fora.

Desde o início de 2024, vejamos:



Ou seja, quem investiu no exterior desde janeiro/2024 está colhendo bons frutos. Inclusive o dólar se valorizou frente ao real. 

Reserva de emergência

Não aguentei e coloquei minha reserva de emergência na planilha. Por isso esse aporte tão grande nesse mês. Não estava contabilizando, pois pensava em comprar uma moto. Mas acho que contabilizando na planilha dos investimento, vou pensar duas vezes antes de sacar qualquer dinheiro.  Digam aí se ver aquele dinheiro fora do patrimônio não seria mais fácil de procurar uma desculpa para mexer? Mas ainda sim deixei ele em investimento de liquidez diária.

Viagem

Nesse mês de maio fui fazer umas trilhas pela região aqui perto, quer dizer, eu acho perto (3:30 de carro e umas 5:30 de ônibus).  Resolvi ir de ônibus com minha namorada para aproveitar mais o tempo, pois saímos de madrugada. Assim pude tirar uns cochilos e economizei com uma diária de uma pousada. A ideia seria fazer essa viagem toda com transporte coletivo e até pedir carona por lá. Mas acabou que um parente meu, coincidentemente estava na região, e quanto chegamos na rodoviária do destino final, ele nos deu carona e se juntou a nós. 

Até que viajar de ônibus é de boa. Mas quando são duas pessoas, financeiramente a curto prazo, parece não ser vantajoso, pois o custo do combustível se iguala ao da passagem. Se bem que a estrada estava muito ruim, e talvez o carro precisasse de manutenção depois, e isso deixaria cara a viagem. Só que essa despesas só viria lá na frente. 

Tá me dando vontade de viajar em um ônibus desse aqui oh: 

Só que para mim a passagem desses ônibus são caríssimas! Mas a pessoa chega, deita, dorme e só acorda no destino final desse jeito aí. kkkk 

Outra coisa que me fez viajar sem o carro, é procurar sair de uma certa zona de conforto, pois tive que pesquisar toda uma logística para chegar ao destino e se locomover nos dias das trilhas. Nessa região não faltavam alternativas, pois tinha Van, mototáxi e caronas. Muita gente no meio da estrada com aquelas mochilonas nas costas andando, uns pedindo carona, mas as vezes nem precisava pedir, os carros mesmo paravam oferecendo. Muito tranquila essa região! Dar carona, pegar carona, acampar, se hospedar em Hostel nos conecta mais com o outro. Se você é uma pessoa tímida, nessas situações acredito que deve ajudar muito. A comunicação é necessária. Sem contar que troca-se experiências, houve-se histórias que vai lhe enriquecer, pois algumas conclusões ou lições de vida você pode tirar.

Para mim as trilhas foram leves, embora passávamos o dia todo caminhando. Foi apenas um fim de semana. As vezes não precisamos esperar umas férias para viajar, sempre falo isso. Temos que criar pausas. As pessoas querem visitar um lugar, passar uma quantidade boa de dias para aproveitar ao máximo, para depois não voltar mais a aquele lugar. Eu sou diferente. É bom ter tempo para aproveitar, mas se gosto do lugar, volto outras vezes. Esse que fui, inclusive, já tinha ido antes. Mas as experiências mudam. E sempre tem algo para fazer diferente. Por exemplo, fiz duas trilhas que não conhecia.

Uma das trilhas que fomos o pessoal faz com guia. Mas como já contei em posts anteriores, eu me viro só com o app chamado Mapsme. Não recomendo ninguém fazer trilha só. Vai que o gps para de funcionar. Mas eu faço trilhas relativamente curtas. Assim não tem risco de se perder. Posso perder tempo, mas se perder, não! Sem contar que vai do perfil de cada um. Eu gosto de procurar fazer as coisas só e me virar. Pergunto ao pessoal primeiro como é, por onde começa. Nessa mesmo, tivemos que perguntar a um grupo de trabalhadores que estavam passando na estrada de camionete, e coincidentemente eles estavam indo para o início dessa trilha. O caminho da  era ruim demais, e o carro do meu parente não passava, assim, eles nos ofereceram carona. Ao todo, ida e volta, foram umas 4:30 de caminhada, mais 2h que ficamos lá curtindo a cachoeira. 


Até mais turma!



6 comentários:

  1. Exterior salvou esse mês.
    Legal a experiencia de viajar de ônibus, eu quando viajo, pego leito, então é 10x mais confortável do que viajar de avião.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MI
      Exterior reforçando a tese que deve-se investir em ativos em dólar.
      Pois é, ainda vou ter essa experiência um dia de viajar de leito. Outra coisa e ver se consigo viajar na classe executiva de avião. Vou me programar nem que seja um trecho. Parece que é muito bom! O problema é fechar os olhos e dormir pesado na classe executiva e nem curtir a viagem.

      Abraço!

      Excluir
  2. queria ter coragem de fazer mochilão sozinho. Mas tenho medo kkk surreal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. EI,
      No início vc pode até sentir medo, mas vai se acostumando depois! Nunca fiz mochilão, mas já viajei para fora do país sozinho. É muito bom!

      Abraço!

      Excluir
  3. Que viagem legal essa e legal também a dica do app, vou testar depois.

    Há poucos meses meus pais tiveram que viajar para ele fazer uma consulta médica, e como as passagens de avião estavam abusivas, foram de ônibus depois de muitos anos apenas viajando de avião nas poucas vezes que precisavam.

    A viagem que, de avião, dura 50 minutos, de ônibus durou 8 horas. Mas foram de leito, em poltronas que praticamente deitavam e ficaram bastante satisfeitos. As passagens não foram baratinhas, mas ficaram bem longe dos preços exorbitantes que pagariam de avião. Ter opções é sempre bom.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. FT,
      É bom ter alternativas. E se a pessoa conseguir dormir, é até rápido a viagem, pois nem percebe.

      Abraço!

      Excluir